Tudo o que você precisa saber sobre a biomassa de banana verde

Author Google Plus - Dicas dieta

dieta da manga

A biomassa é considerada como um alimento saudável, pois, quando cozida, apresenta uma grande percentagem de amido resistente (29%), com ação semelhante à da fibra insolúvel. No intestino, a biomassa é usada pelas bactérias “boas” do nosso organismo, chamado probióticos, como uma fonte de energia, mantendo assim a integridade da mucosa intestinal, o que é responsável pela absorção de nutrientes. É rica em vitaminas A, B1, B2 e minerais como fósforo, magnésio, potássio e sódio.

Já faz alguns anos que as frutas tropicais podem ser encontradas de forma habitual nas quitandas e grandes comércios. Um exemplo claro seria a biomassa de banana verde. Esta pertence à mesma família botânica que a banana comum, de origem asiática que se cultiva tanto em regiões tropicais como subtropicais da América.

Benefícios da biomassa de banana verde

dieta da manga

Se analisarmos a composição química da banana, veremos que esta fruta não somente é rica em carboidratos e energia, mas também tem altas proporções de minerais e vitaminas. Outro benefício desta fruta é a presença de sais minerais, que variam um pouco com o amadurecimento da fruta, sendo sempre um pouco mais elevada nas bananas verdes.

Os minerais que se destacam são o potássio, cálcio, fósforo, sódio e magnésio. Quando falamos de vitaminas, se destacam as vitaminas A, C e do complexo B, no qual atingem seu pico no primeiro estágio de maturidade (quando há uma coloração verde-amarelo) e reduz pelo menos quando a casca começa a mostrar manchas marrons.

Além dos minerais, vitaminas e proteínas presentes na banana verde, se destaca seu teor em amido resistente, como seu próprio nome sugere, que resiste a ser digerido e se converte em glicose. Passa pelos nossos intestinos relativamente intactos, até que atinge o cólon, onde é recebido por nossas bactérias. Isto a torna mais interessante para as pessoas com diabetes e com resistência à insulina.

Bananas verdes e seu índice glicêmico

Os benefícios das bananas verdes para a saúde têm sido atribuídos por ser um alimento rico em amido que, como foi dito anteriormente, é relativamente ou absolutamente resistente à digestão no intestino delgado. É por esta razão que a banana verde também tem sido atribuída pela digestão lenta e com um baixo índice glicêmico, sendo especialmente importante para controlar doenças, tais como diabetes ou mesmo para impedir que ela seja consumida durante um longo período.

Banana verde e doenças cardiovasculares

O amido resistente presente na banana verde é bem conhecido por ajudar a controlar os níveis de colesterol e triglicérides, chegando a reduzi-lo a níveis muito favoráveis para o corpo, é por isso que outro benefício da banana verde é ser usado para o tratamento de dislipidemia e prevenção de doença coronária.

A banana verde e o armazenamento de gordura

Há evidências de que uma das vantagens da banana verde e do amido resistente é que se associam a uma dieta que é capaz de produzir um efeito de saciedade muito semelhante à produção de fibras e controla o mecanismo chave que mantem aceitáveis os níveis de glicose para o organismo.

Tendo em vista a forte evidência científica que apoia os benefícios da banana verde, graças ao seu teor de amido resistente, na manutenção da saúde e prevenção de doenças crônicas como câncer, aqueles que afetam o cólon, diabetes tipo 2, dislipidemia, doença cardíaca coronária e obesidade, é muito claro que esta fruta e seus derivados podem ser considerados como alimentos com grande alcance funcional, que deve ser introduzida aos nossos hábitos alimentares.

Propriedades da biomassa de banana verde

dieta da manga

As propriedades nutricionais são muitas e muito variadas. A polpa é de cor esbranquiçada e quase não possui açúcar, nem carboidratos, já que os mais abundantes são os carboidratos complexos como o amido, por isso não é apto para ser consumido cru, devido sua difícil digestão. Por outro lado, é muito rica em minerais como o potássio, magnésio e a fibra, sendo esta muito superior à banana comum. Além disso, conta em sua composição com várias vitaminas do grupo B, ainda que em sua maioria se perdem durante os processos de preparação.

Da banana verde se extrai um tipo de farinha que cada vez mais tem atribuído mais características nutricionais que trazem muitos benefícios. À princípio era considerada como uma farinha “medicinal” com propriedades para a redução de peso, prisão de ventre e melhora do metabolismo em geral, entre outras características. Mas, atualmente, há um grupo de pesquisadores brasileiros que tem desenvolvido essa farinha, mais conhecida como “biomassa de banana verde”, para ajudar na alimentação de pacientes celíacos.

Todos nós sabemos das dificuldades que os celíacos enfrentam com a alimentação em seu dia a dia para levar uma dieta saudável e saborosa, selecionando cuidadosamente os alimentos isentos de glúten e também confiando nas informações nutricionais das etiquetas dos produtos. Por isso, a biomassa de banana verde, torna-se uma alternativa saudável e rica para todos aqueles que são celíacos.

Para os celíacos, a clássica farinha de trigo não pode ser adicionada em suas dietas porque é muito seca e desagradável ao paladar. É por isso que se abre uma luz com a produção da biomassa que é livre de glúten a partir da farinha de banana verde, massa que é elaborada com a farinha, clara de ovo e água.

Além disso, se trata de um produto muito mais equilibrado que a massa tradicional de trigo, já que possui menos gorduras que esta, até 98% menos que a farinha tradicional. Esta grande redução nas gorduras é particularmente importante para os pacientes com a doença celíaca, devido aos diversos produtos livres de glúten que compensam a eliminação deste com altos níveis de gordura.

Uma pesquisa fez a comparação entre a farinha de trigo e a farinha de banana verde (biomassa); e os pesquisadores serviram ambos os pratos a um grupo de 25 pessoas celíacas e 50 colaboradores que não tinham a doença. Em ambos os casos, a biomassa, objeto de investigação, obteve melhores resultados em aspecto, aroma e sabor. Não se encontrou diferença significativa entre ambas, e inclusive, em textura, a biomassa de banana verde superou a farinha de trigo.

Como as bananas verdes são consideradas de pouco valor comercial e possuem pouquíssimo uso industrial, esta descoberta abre uma via interessante tanto para os produtores de banana como para os produtores de biomassa, já que assim existe a possibilidade de diversificar e expandir seu mercado e para melhorar a qualidade da alimentação de todas as pessoas celíacas e porque não daquelas que não sofrem desta doença? Queremos incentivar as pessoas a terem uma alimentação saudável.

Como fazer biomassa de banana verde caseira

dieta da manga

Você pode preparar facilmente sua própria biomassa banana verde em sua casa. Para isso corte 6 bananas verdes em rodelas finas e coloque-as numa assadeira forrada com papel manteiga. Coloque o forno em temperatura de 100 graus, deixe desidratar durante 4 horas as rodelas de banana verde.

Se o seu forno não dispõe de temperatura tão baixa, descarte-as durante 20 minutos a 180 graus por um lado, virando-as para deixar mais 20 minutos de outro lado. Procure deixar um pano dobrado na porta do forno para que este não se cerre totalmente e possa evaporar a água da fruta. Uma vez desidratados, triture-os em um processador de alimentos ou em um moedor de café.

Receitas com biomassa de banana verde

Sopa de abóbora e biomassa de banana verde

dieta da manga

Ingredientes

– 6 folhas de hortelã
– 2 colheres de sopa de biomassa de banana verde
– Pimenta do reino a gosto
– 1 xícara de água
– 1 xícara de leite
– 1 colher de café de sal
– 2 xícaras de chá de abóbora moranga descascada e picada
– 1 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem
– 1 dente de alho amassado
– 1/2 cebola média picada

Modo de preparo

Refogue a cebola e o alho no azeite de oliva, adicione a abóbora e mexa para criar gosto. Depois coloque a água, o leite e a biomassa de banana verde. Quando ferver, você deve abaixar o fogo e deixar cozinhar por 20 minutos até que a abóbora fique macia, mexa às vezes. Acerte o sal caso precise e adicione a pimenta do reino.

Misture e retire do fogo. Passe a metade da sopa para o liquidificador junto com a hortelã.

Brigadeiro de biomassa de banana verde

dieta da manga

Ingredientes

– Mel a gosto
– 6 colheres de sopa de achocolatado ou cacau em pó
– 3 colheres de sopa de biomassa de banana verde
– 3 colheres de sopa de óleo de coco
– 1 1/2 copo de leite desnatado
– Granulado

Modo de Preparo

Bata no liquidificador todos os ingredientes, deixe o achocolatado ou o cacau em pó e o mel por último. Quando formar uma massa homogênea, coloque num recipiente de vidro e tampe. Leve à geladeira para alcançar mais firmeza e enrole as bolinhas de brigadeiro, passe no granulado e sirva.


Comentários via Facebook


Comentários no site

Somente os comentários no site que terão revisão dos administradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas
Tags
Copyright © 2013-2017 Dicas Dieta - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Templateparawordpress.com