Conheça os ricos e benefícios do cloreto de sódio

Author Google Plus - Dicas dieta

riscos e beneficios do cloreto de sodio

O cloreto de sódio, também conhecido como sal comum, é um componente necessário para a saúde humana. Ele se destina a ser consumido em pequenas quantidades e fornece ao corpo eletrólitos e ajuda a relaxar os músculos. Quando consumido em grandes quantidades, pode conduzir a problemas de saúde indesejáveis, tais como pressão sanguínea elevada. Ele é encontrado em abundância em muitos produtos e os seus níveis são considerados altamente perigosos.

O que é sódio?

O sódio (Na) é uma parte de micro minerais que faz parte do sal de cozinha ou cloreto de sódio, com a fórmula química (NaCl). Assim como o potássio e o cloro, é um eletrólito e tem funções importantes na regulação das concentrações dos meios aquosos. Nossos músculos e nervos precisam do sódio para funcionar como deveriam.

Com o sódio presente nos alimentos naturalmente seria suficiente para atender as recomendações estabelecidas. Na verdade, a maioria das pessoas consome mais sal do que deveriam. Quando os rins, responsáveis por eliminá-lo, não faz mais sua função para obter um excesso deste mineral, pode ocorrer à hipertensão.

Como curiosidade, podemos constatar que nem todas as pessoas com hipertensão são sensíveis à retirada de sódio na dieta. Além disso, o sal comum contém sódio, mas não é o único.

Funções do sódio

– Controle da pressão arterial e o volume sanguíneo.
– Essencial para o bom funcionamento de músculos e nervos.
– Forma parte dos ossos.
– Participa do equilíbrio osmótico: concentração de substâncias dentro e fora das células.
– Colabora para a permeabilidade das membranas.
– Intervém na contração muscular.
– Participa da transmissão nervosa.

Fontes de sódio

O modo de encontrar o sódio é na forma de cloreto de sódio, mais conhecido como sal de cozinha. As principais fontes de sódio são:
– Sal presente nos alimentos de forma natural.
– Sais presentes em produtos processados, congelados e enlatados. Quase todas as refeições preparadas possuem uma alta quantidade de sódio.
– Sal de cozinha ou tempero.

Quase todos os alimentos contêm sódio de forma natural como:

– Leite
– Beterraba
– Aipo
– Água potável
– Carnes processadas como o bacon, presunto, etc.
– Sopas e vegetais enlatados.

Falta de sódio na dieta

Embora seja mais comum do que os problemas com excesso de sódio, também pode haver um déficit deste mineral, o que provoca:

– Fraqueza, confusão mental.
– Câimbras musculares.
– Distúrbios circulatórios

Toxicidade e recomendações de sódio na dieta

A ingestão excessiva de sódio pode levar à retenção de líquidos. Isto é grave em pessoas que sofrem de insuficiência cardíaca congestiva, ou insuficiência renal. Então essas pessoas devem ir ao médico para fazer uma dieta de acordo com a sua patologia.

Vários estudos têm mostrado que o consumo excessivo de sal na dieta aumenta a pressão arterial em algumas pessoas, e podem sofrer com a pressão arterial elevada. Para reduzi-la, seria desejável reduzir a quantidade de sal nos alimentos.

Benefícios do sódio

riscos e beneficios do cloreto de sodio

O cloreto de sódio é um composto iônico que podemos encontrar em diferentes alimentos ou suplementos que são usados para tratamentos médicos e no dia a dia; mais conhecido como “sal” ou “sal de cozinha”, ele é utilizado como tempero em muitos alimentos. Medicinalmente, as soluções de cloreto de sódio são utilizadas no caráter das injeções ou infusões intravenosas, e para objetos tais como lentes de contato em forma de solução de limpeza, e inclusive sua inalação pode eliminar certas bactérias nas secreções corporais.

Mas falando de coisas concretas, as diferenças de concentração entre o potássio e sódio através das membranas celulares criam uma inclinação eletroquímica (potencial da membrana), o qual é crítico para a transmissão de impulsos nervosos, a contração muscular, a função do coração, e o transporte de nutrientes e metabolitos dentro e fora das células. Uma grande proporção do gasto de energia em repouso é dedicada a manter o potencial da membrana por meio de bombas de íons na membrana celular, bombeando o sódio para fora da célula intercalando as posições com o potássio.

A absorção de sódio no intestino delgado (depois de passar pelo estômago) tem um papel importante na absorção de cloretos, aminoácidos, glicose e água; enquanto existem mecanismos similares que estão implicados na reabsorção destes nutrientes depois de que se filtram no sangue pelos rins, por outro lado, o ácido clorídrico é um componente importante do suco gástrico, que ajuda na digestão e absorção de muitos nutrientes para a saúde, e para o crescimento muscular no caso dos praticantes de musculação e fitness.

Os sais minerais ajudam a repor minerais e eletrólitos para evitar a desidratação e as câimbras musculares.
Neste sentido, os benefícios do cloreto de sódio para a saúde vão mais além de sua popularidade porque o sódio é o principal determinante do líquido nos vasos sanguíneos (plasma) e o fluído entre as células, uma série de mecanismos que regulam o volume sanguíneo e a pressão arterial, que trabalham ajustando o teor de sódio do corpo, no sistema circulatório, os receptores de pressão detectam as mudanças na pressão arterial e enviam sinais ao sistema e/ou das glândulas nervosas para afetar a regulação de sódio pelos rins.

No geral, os resultados da retenção de sódio, faz com que se retenha água e a perda de sódio acaba na perda de água; então desde todos os pontos de vista, incluindo a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar, presta assessoramento científico aos responsáveis políticos, confirmando que os benefícios do cloreto de sódio devem se incluir nas políticas do estado, recomendando a ingestão diária de cloreto de sódio para a digestão normal dos alimentos.

Um dos usos pouco frequentes do sal ou cloreto de sódio é como ingrediente do lava pés em água morna, esta particular tradição em algumas regiões do mundo permite ao corpo se relaxar e aliviar as dores próprias do sistema muscular. Porém, a prática frequente nos pós treinos, antes de dormir, pode ser uma ferramenta útil e eficaz para acelerar a recuperação muscular e nervosa, e indiretamente, proporcionar um crescimento muscular mais rápido.

Algumas utilidades do cloreto de sódio

– É um remédio para a inflamação dos olhos, especificamente para a córnea.
– Em formato de solução salina intravenosa, se usa em casos de diarreia severa ou desidratação.
– Geralmente para fins esportivos, o cloreto de sódio como ingrediente recupera os sais perdidos no exercício.
– Desde sempre tem sido usado como conservante de fábricas de queijo, carnes, peixes, molhos ou produtos lácteos, pois reduz ou mantém a temperatura dos alimentos.
– Na cosmética se usa para shampoos, detergentes, sabões, conhecido como agente de limpeza.
-Se usa para que a água seja mais branda nos processos de purificação e tratamento de água.
– É um excelente desinfetante bucal.

Propriedades do sódio

O sódio pertence ao grupo dos metais alcalinos. Este grupo de elementos se caracteriza por ter um único elétron em seu nível energético mais externo e têm tendência a perdê-lo formando assim um íon mono positivo. Esta tendência que tem os metais alcalinos como o sódio é devido à sua baixa energia de ionização e sua pouca afinidade eletrônica.

O sódio é um elemento químico de aspecto branco prateado e pertence ao grupo dos metais alcalinos. O número atômico do sódio é 11. O símbolo químico do sódio é Na. O ponto de fusão do sódio é de 370,87 graus Kelvin ou de 98,72 graus Celsius ou graus centígrados. O ponto de ebulição do sódio é de 1156 graus Kelvin ou de 883,85 graus Celsius ou graus centígrados. O sódio é um mineral que nosso organismo necessita para seu bom funcionamento e pode ser encontrado nos alimentos como vimos anteriormente.

Perigo do cloreto de sódio em excesso

riscos e beneficios do cloreto de sodio

Embora o cloreto de sódio seja essencial para a saúde humana, não é raramente um problema de falta de qualquer um deles na dieta. Há casos muito raros, no entanto, uma quantidade muito baixa pode causar câimbras musculares. Isso pode acontecer em um ambiente muito quente ou depois de um período de exercícios rigorosos.

A ausência de cloreto de sódio pode ser detectada depois de uma crise de fortes dores de cabeça, náuseas, vômitos, tonturas, câimbras musculares, desmaios ou uma combinação de todos estes sintomas.

Uma dieta pobre em gordura e rica em potássio pode ajudar a combater os níveis elevados de sódio, embora este não seja um substituto para a ingestão adequada de sal.

Hipotermia

Outra rara condição conhecida como hipotermia, pode provocar os mesmos sintomas. Em casos extremos, pode causar convulsões, coma, danos cerebrais e morte. Alguns atletas e maratonistas podem estar correndo sério risco.

Pressão arterial alta

Antes da invenção da refrigeração, o sal era necessário para conservar os alimentos. Hoje, a maioria das pessoas consome sal excessivamente.

Um excesso de sal na dieta pode colocar uma pessoa em risco de hipertensão ou pressão arterial alta. Embora que a hipertensão seja um princípio sem sintomas, pode aumentar as possibilidades de acidente vascular cerebral e doenças cardíacas.

A pressão arterial é a medição da força do sangue contra as paredes das artérias quando o coração bombeia o sangue.
Uma dieta rica em sal pode aumentar a pressão arterial já que o sal tem um excesso de líquidos no corpo e cria uma carga adicional em seu coração. Se sua pressão arterial aumenta e permanece elevada durante um longo período de tempo, o tecido que constitui as paredes das artérias se alonga muito além do seu limite normal, criando problemas como o aumento do risco de coágulos sanguíneos, cicatrização vascular, debilidades vasculares e o aumento de carga de trabalho do seu sistema circulatório.

Ele torna vulnerável aos cálculos renais

O excesso de sal se absorve rapidamente no organismo, porém, parte é eliminada através do suor e da urina. Os bebês e as pessoas que sofrem com doenças renais, é recomendado não colocar muito sal em seus alimentos, já que não se pode eliminar corretamente através da urina.

Os cálculos renais podem se formar quando as substâncias como o fósforo, cálcio e oxalato se concentram muito na urina. Quando você tem uma alimentação rica em sal, o sódio presente no sal obriga os rins a evacuar mais cálcio na urina. O risco de cálculos renais aumenta com o aumento do consumo diário de sal.

Os sintomas dos cálculos renais incluem sangue na urina, a obstrução da urina e dor intensa na parte posterior ou lateral.

Aumenta o risco de osteoporose

Para compensar a perda de cálcio na urina devido a um alto consumo de sal, seu corpo pode extrair cálcio dos ossos, o que leva às taxas mais altas de perda de mineral ósseo.

Isto aumenta o risco de osteoporose, uma doença que enfraquece os ossos até o ponto em que se rompe com facilidade.
Porém, qualquer pessoa pode desenvolver a doença, é mais comum entre as mulheres idosas. Além disso, a osteoporose é uma doença silenciosa, já a perda do osso ocorre sem nenhum sintoma perceptível. Você pode não estar consciente de que possui a doença até que uma queda repentina ou a tensão faça com que o osso se quebre.

Aumenta o risco de apoplexia

Um derrame cerebral ocorre quando um vaso sanguíneo que transporta nutrientes e oxigênio ao seu cérebro acaba sendo bloqueado por um coágulo. Como consequência, a parte de seu cérebro não pode receber o oxigênio e o sangue que requer e suas células morrem.

A pressão arterial elevada causada pela ingestão excessiva de sal pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral. A pressão arterial alta pode destruir as artérias de todo o corpo. Algumas artérias debilitadas em seu cérebro o colocam em um risco maior de acidente vascular cerebral.

Lista de alimentos com cloreto de sódio

riscos e beneficios do cloreto de sodio

Você sabia que o sal não é muito presente nos alimentos? Por mais que pareça estranho, o sal é pouco presente nos alimentos não processados, como verduras, frutas, frutos secos, legumes, mas também a carne e o peixe são pobres em sal.

Ou seja, que de forma natural, todos os alimentos são pobres em sal, e em contrapartida, são muito ricos em potássio.

Nossa alimentação deveria manter este equilíbrio natural e ser mais rico em potássio do que em sal. Devido ao que o corpo tende a retê-la.

Adicionar sal “em tudo” faz com que retenhamos líquido, piore a hipertensão e aumentem as necessidades de potássio.

Quais alimentos possuem muito sal?

Só têm muito sal os alimentos aos quais são adicionados sal. Os alimentos naturais, não processados, contêm pouquíssimo sal.

O cloreto de sódio contém aproximadamente 50% de sódio e 50% de cloro. Tendo em conta que as necessidades diárias de sódio são de 250 0mg, 5 gramas de sal (uma colherada) contêm 100% da quantidade diária de sódio recomendado.

Principais alimentos com muito sódio

A lista seguinte contém alguns alimentos que apresentam uma alta quantidade de sal. Saber quais alimentos contêm muito sal é muito interessante para quem tem que fazer uma dieta com pouco sódio, muito adequada para certas doenças com a hipertensão, a retenção de líquidos, obesidade, doenças renais, osteoporose, etc.

Alimentos para fritar (100 gramas)

– Batatas fritas
– Pipoca
– Avelãs salgados
– Pistaches salgados
– Amêndoas salgadas
– Amendoins salgados
– Sementes de girassol
– Biscoitos salgados

Alimentos enlatados (100 gramas)

– Sardinhas
– Atum
– Tomate em conserva
– Espargos drenados sem enxaguar
– Sopa de frango
– Milho

Temperos (1 colher de chá)

– Sal de cozinha
– Glutamato monossódico
– Sal de alho
– Molho de soja
– Bicarbonato de sódio

Produtos à base de carne defumados, curados ou processados (100 gramas)

– Embutidos
– Linguiça de peru
– Salmão defumado
– Hambúrguer

Leite e seus derivados: (100 gramas)

– Queijo Cheddar
– Mozarela
– Queijo de cabra duro
– Manteiga
– Margarina 40% de gordura vegetal

Qual a quantidade de sal é recomendada para consumo?

Uma colherada de sal (5 g) contém 100% das necessidades de sódio diárias, portanto, não se deveria exceder esta quantidade.

Se algum dia você ingerir muito sal, deve compensar com mais potássio, pois este mineral é necessário para eliminar o sal.

O potássio é muito benéfico para os rins e se encontra em grande quantidade em ervas aromáticas, no abacate, no espinafre e frutos secos.

Quanto é muito sal?

Tendo em conta que as necessidades diárias de sal são de 2500 mg (o equivalente a 5 gramas de sal), se considera que têm muito sal os alimentos que contêm mais de 1 grama de sal por cada 100 gramas.

Algumas marcas expressam a quantidade de sal em sódio para diminuir o número e para parecer que levam menos sal. Se 1 grama de sal equivale a 0,5g de sódio, evite os alimentos com mais de 0,5 gramas de sódio por cada 100 gramas.
No supermercado se deve consultar as etiquetas e evitar comprar aqueles produtos que contenham tal quantidade de sal, já que não se recomenda em nenhuma dieta saudável.

Muito sal prejudica os rins

O excesso de sal deve ser eliminado através dos rins. Estudos revelam que além de ser prejudicial para a hipertensão, muito sal também incrementa a eliminação renal de cálcio, aumentando o risco de pedras nos rins. Em longo prazo, as dietas com muito sal prejudicam a saúde dos ossos.


Comentários via Facebook


Comentários no site

Somente os comentários no site que terão revisão dos administradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas
Tags
Copyright © 2013-2017 Dicas Dieta - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Templateparawordpress.com