Conheça os alimentos com alto e os com baixo índice glicêmico

Author Google Plus - Dicas dieta

Categoria:

carbo capa

Responsáveis pela energia do organismo, os carboidratos são divididos em duas categorias: carboidratos de alto índice glicêmico e carboidratos de baixo índice glicêmico. O primeiro grupo é digerido e libera energia rapidamente, já o segundo leva mais tempo para ser digerido e absorvido. Fazer uma dieta levando em consideração o tempo de digestão e absorção de um carboidrato pode otimizar os resultados e ajudar a emagrecer rápido.

Os carboidratos são fontes de amido, polissacarídeo utilizado para reservas de energia. Ou seja, a energia das células é obtida através de todos os alimentos que contem amido. Porém, sua estrutura química pode mudar de um alimento para o outro, o que influi no tempo de digestão de cada um deles.

O que são carboidratos de alto índice glicêmico

Também conhecidos como carboidratos simples, o alimentos de alto índice glicêmico são digeridos, caiem na corrente sanguínea em forma de glicose e são distribuídos e absorvidos pelas células rapidamente. Consequentemente a taxa de glicose ou glicemia sobe repentinamente, resultando em um pico glicêmico.

Como as células recebem a glicose toda de uma vez, tudo o que não é utilizado para a geração de energia é armazenado em forma de gordura. Carboidratos de alto índice glicêmico são os responsáveis por gorduras localizadas na região da barriga, flancos e culotes.

Alimentos feitos de farinha refinada como pão branco, macarrão e bolachas são considerados de alto índice glicêmico. Além deles, arroz branco, abóbora, batata, manga, melancia, açúcar e mel são digeridos e transformados em gordura rapidamente.

O que são carboidratos de baixo índice glicêmico

Considerando que o índice glicêmico é o potencial que cada alimento tem em levar glicemia para as células, alimentos com estruturas químicas mais complexas demoram mais para serem digeridos e são absorvidos lentamente, logo, fornecem energia lenta e continuamente. Ou seja, a elevação do nível de açúcar no sangue acontece de forma lenta e estável.

Além de fornecerem glicose aos poucos para as células, o que evita armazenamento em forma de gordura, os carboidratos complexos ainda contribuem para a sensação de saciedade, já que seu tempo de digestão é prolongado, tirando a vontade de comer compulsivamente.

Entre os carboidratos complexos estão todos os alimentos ricos em fibras. Arroz, macarrão e pães integrais, frutas, hortaliças, legumes e brotos.

Dieta de baixo índice glicêmico

carbo 1

Embora possa ser uma combinação usada em dietas, ingerir carboidratos de baixo índice glicêmico deve ser um hábito alimentar, já que diminui os riscos de desenvolver diabetes e infartos, reduz acúmulo de gordura localizada e equilibram o sistema gastrointestinal.

O segredo não é restringir todos os carboidratos simples, mas sim combinar grupos alimentares que podem aumentar os benefícios dos carboidratos complexos ou ainda diminuir o índice glicêmico de outros grupos. Gorduras boas como as do azeite, das castanhas e nozes, fibras e proteínas vermelham influem diretamente na melhora do índice glicêmico dos alimentos.

15 Alimentos de alto índice glicêmico

carbo 1.5

– Arroz branco
– Macarrão
– Pão branco
– Bolachas
– Bolos
– Pão de queijo
– Sorvete
– Pipoca
– Receitas com farinha branca
– Mel
– Batata
– Abobora
– Manga
– Beterraba
– Banana

15 Alimentos de baixo índice glicêmico

carbo 2

– Farinha integral
– Trigo
– Aveia
– Espinafre
– Brócolis
– Ameixa
– Cereja
– Feijão
– Lentilha
– Soja
– Tomate
– Alface
– Amendoim
– Iogurte desnatado
– Batata doce


Comentários via Facebook


Comentários no site

Somente os comentários no site que terão revisão dos administradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas
Tags
Copyright © 2013-2017 Dicas Dieta - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Templateparawordpress.com