Benefícios do mel para emagrecer

Author Google Plus - Dicas dieta

Categoria:

beneficios do mel

Substância viscosa, amarelada e muito doce que acaba sendo uma grande fonte de energia e de vários nutrientes. Neste artigo, você também aprenderá mais sobre o mel, como deve ser consumido, em quais casos é contraindicado e quais são alguns de seus benefícios e propriedades terapêuticas.

O mel é uma substância natural de sabor doce, produzida pelas abelhas do gênero “Apis Mellifera” a partir do néctar das flores ou das secreções das partes vivas de algumas plantas. As abelhas coletam o néctar e o transformam ao misturá-lo com as próprias enzimas; esta mistura é armazenada nos favos de mel onde, depois de um período de produção, se obtém o mel.

O consumo de mel se remonta a 10.000 anos a.C. Hipócrates, considerado o pai da medicina, usava o mel para curar diversos ferimentos da pele; também era utilizado pelos egípcios para curar feridas, queimaduras, hidratar o corpo e como parte dos alimentos que os defuntos levavam em sua viagem para o além.

Benefícios do mel

beneficios do mel

Os benefícios do mel podem ser notados em sua dieta para emagrecer. Se você deseja perder peso, o mel pode servir de grande ajuda. Mas antes de apresentar os benefícios do mel na perda de peso, abordaremos a s preocupações referentes ao mel.

Muita gente se pergunta: o mel não é um tipo de açúcar? Ele não engorda? Há uma resposta: o mel contém açúcar! Mas tem uma diferença do açúcar refinado, o mel possui vitaminas e minerais também. Normalmente, para digerir o açúcar, se utilizam as vitaminas e minerais armazenadas no corpo, porque deixa o corpo desprovido destes nutrientes.

Os nutrientes do mel são essenciais para dissolver as gorduras e colesterol. Assim, quando se come muito açúcar, aumenta-se o peso não só por causa das calorias, também devido à falta de vitaminas e minerais. Pelo contrário, o mel, sendo uma boa fonte de nutrientes te ajuda a emagrecer. O mel é um alimento saudável e natural consumido há muitos anos.

Pelo mel ser uma boa fonte de nutrientes, que ajuda a emagrecer, abaixo apresentaremos algumas formas de consumir o mel, para você poder aproveitar estes importantes benefícios para emagrecer:

Água quente e mel

Normalmente, a gordura permanece como um recurso sem utilidade em nosso corpo dando volume e peso. Acredita-se que o mel movimenta esta gordura armazenada. Quando esta gordura é queimada para proporcionar energia para suas atividades diárias, você consegue ver uma redução gradual em seus níveis de peso e obesidade. Sugere-se que o mel com aproximadamente 1 colher de água quente seja consumido todos os dias.

Suco de limão e mel

O mel também pode ajudar na perda de peso quando é consumido com suco de limão. Muitas pessoas tomam esta bebida em jejum pela manhã para reduzir seu peso.

Canela e mel

Outra dica super útil é a canela em pó com mel e água quente. Coloque uma colherada de canela e uma colher de mel em um copo de água. Misture os ingredientes e beba essa mistura em jejum. Sem dúvida, muitas pessoas afirmam obter benefícios com seu consumo regular.

O mel também melhora a digestão e ajuda no emagrecimento. Ele também pode ser consumido depois do jantar, especialmente, depois de comer em excesso.

Muitas pessoas deixam de comer alimentos para emagrecer. Tenha cuidado com tais práticas. Se você não come alimentos suficientes (que implica calorias, vitaminas, minerais e fibras) o sistema imunológico se enfraquecerá. Sua dieta para emagrecer deve centrar-se na redução da ingestão de calorias e não deter sua ingestão. Além disso, deve-se aumentar o gasto diário de calorias através do exercício regular.

Propriedades do mel

beneficios do mel

Se você está buscando emagrecer, deve saber que com as propriedades do mel, você pode alcançar isto, já que conta com múltiplas vantagens, que fazem com que o mel seja adicionado nas dietas para perder peso sem problemas. Mas, são poucas as pessoas que escolhem agregar o mel a estas dietas, já que acreditam que por causa do mel ser um tipo de açúcar, tende a engordar; mas o certo é que o mel, é um tipo de açúcar não refinado que fornece ao organismo vitaminas e minerais, o que permite dissolver gorduras e o colesterol.

Por outro lado, é importante mencionar que o mel melhora a digestão e ajuda na perda de peso, por isso é recomendável comer uma colherada de mel depois do jantar ou depois das principais refeições do dia. Sendo estas algumas propriedades do mel para emagrecer, considerando que nenhum excesso é bom.

Nutrientes do mel

beneficios do mel

Dependendo da variedade das flores e do tipo de colmeia, o mel oferece mais de 60 substâncias diferentes. Destacam-se os açúcares, os ácidos orgânicos (cítrico, láctico, fosfórico…), vitaminas (C, B1, B2, B3, B5), ácido fólico, minerais (fósforo, cálcio, magnésio, silício, ferro, manganês, iodo, zinco, ouro e prata), aminoácidos essenciais, esteróis, fosfolipídios, flavonoides polifenóis e enzimas.

Favorece a produção de energia devido ao seu grande teor em açúcares, entre 75 a 80 por cento, dos quais 70% são glicose e frutose, dois monossacarídeos que se absorvem com rapidez na mucosa intestinal e que proporcionam energia em poucos minutos. Graças a isto e a sua riqueza em macro e micronutrientes, é um alimento ideal para quem sofre com anemias ou convalescentes que precisam de uma ajuda extra para recobrir a vitalidade. Por sua vez, ajuda o organismo a restabelecer seu ritmo de atividade diária e melhora o risco coronariano por fornecer energia à musculatura cardíaca e favorece a produção de fosfatos orgânicos.

Pelo mel em cada 100 gramas fornecer cerca de 300 calorias, seu consumo é recomendado especialmente para quem precisa de uma dose adicional de energia, como por exemplo, os atletas, crianças em fase escolar, idosos, trabalhadores que precisam se esforçar muito, os que têm uma forte carga intelectual ou os que querem fazer uma dieta para ganhar peso.

Por outro lado, em quantidades moderadas (umas 10 gramas por dia), quem quer fazer uma dieta de emagrecimento pode consumir, pois adicionado ao leite, queijo fresco ou iogurte fornece grandes benefícios para a saúde, não supõe um grande aumento calórico e é mais saudável que o açúcar comum. Os diabéticos também podem inclui-lo em sua dieta, sempre enquanto equilibram as porções de açúcares com as doses de insulina. Porém, não é muito recomendável para os bebês. Apesar de que seja submetido a certos tratamentos antes de ser comercializado, no mel podem ficar certas bactérias que o sistema digestivo da criança não é capaz de destruir. Portanto, não se recomenda seu consumo até os 18 meses.

Embora se utilize principalmente na confeitaria, também pode ser acrescentado em diversas receitas de carnes, sopas e molhos para saladas, ou inclui-lo nos lanches no café da manhã ou no café da tarde, como acompanhamento de muitas sobremesas como iogurtes, queijos, frutas, assim como adoçante em chás ou outras bebidas.

A presença ou ausência de diversas enzimas, determinam a qualidade e frescura do mel. Para que se conserve todos seus nutrientes deve ser extraído por prensagem ou centrifugação, e aquecido abaixo dos 45°C para poder eliminar as impurezas sem prejudica-lo. Quando é submetido à pasteurização ou outros tratamentos térmicos a altas temperaturas, se destroem estas enzimas e se reduz sua qualidade e seu valor nutricional e medicinal. Por isso, se recomenda comprar mel produzido de forma artesanal e descartar os industriais. Para que se mantenha fresco por mais tempo, deve-se guardar em frascos fechados e distantes da umidade e da luz.

Dependendo das flores apropriadas possuem um ou outro efeito medicinal:

– Rosemary: é revigorante, expectorante e ajuda no funcionamento do fígado.
– Tomilho: é antisséptico e digestivo.
– Lavanda: é calmante e expectorante.
– Carvalhos: ideal para asma e bronquite.
– Flor de laranjeira: possui efeitos sedativos e conciliadores do sono.
– Eucalipto: é indicado para tratar catarros e gripes.
– Heather: É rico em ferro e ideal para anemia.

Receitas com mel

Pão de mel Integral

beneficios do mel

Ingredientes

– 130 gramas de chocolate amargo
– 1 colher de chá de fermento em pó
– 1 colher de chá de bicarbonato
– 1 colher de café de essência de baunilha
– 1/2 colher de café de cravo da índia em pó
– 1/2 colher de café de noz moscada
– 1/2 colher de café de gengibre em pó
– 1 colher de chá de canela em pó
– 2 xícaras de chá de água de coco
– 3 colheres de chá de cacau em pó
– 1 xícara de chá de mel
– 2 1/2 xícaras de chá de farinha de trigo integral

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes na batedeira, exceto o chocolate. Unte uma travessa e polvilhe com farinha de trigo integral. despeje a massa e leve ao forno a 180° por cerca de 25 minutos. Pique o chocolate amargo e coloque no microondas durante 2 minutos e mexa às vezes. Desenforme o bolo, corte em pedaços em seguida cubra com o chocolate derretido. Leve a geladeira para endurecer cubra com o chocolate derretido. Depois é só servir.

Bolo de mel integral

beneficios do mel

Ingredientes

– Mel para regar o bolo
– 1 colher de chá de canela em pó
– 1/3 xícara de chá de leite
– 2 colheres de chá de fermento em pó
– 3 ovos
– 100 gramas de manteiga sem sal
– 1/2 xícara de chá de açúcar mascavo
– 1 1/2 xícara de chá de farinha de trigo
– 1/2 xícara de chá de mel

Modo de preparo

Bata a manteiga com açúcar mascavo até que forme um creme fofo. Acrescente o mel e um ovo por vez (sem parar de bater). Desligue a batedeira e acrescente a farinha de trigo integral, o fermento em pó e a canela em pó, todos peneirados, sempre alternando com o leite. Unte uma forma com um furo central com farinha de trigo integral e manteiga. Despeje a massa, leve ao forno pré aquecido a 180° durante 40 minutos para assar. Depois desenforme e regue com o mel.


Comentários via Facebook


Comentários no site

Somente os comentários no site que terão revisão dos administradores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas
Tags
Copyright © 2013-2017 Dicas Dieta - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Templateparawordpress.com